Downloads Texto para a imprensa (Download) Figura 1 Figura 2
Dinamismo do novo posto central de armazenamento ou Global Distribution Centre da Rittal em Haiger em 2014

2012-06-19. A empresa familiar Rittal investe na unidade de Haiger aproximadamente 40 milhões de euros para a construção do mais moderno armazém na região. Este investimento não é apenas parte da estratégia de crescimento mundial do fornecedor de armários de distribuição e de sistema, mas também um reconhecimento claro e duradouro das unidades na região.

"Estabelecemos objetivos de crescimento ambiciosos a nível mundial. Para isso precisamos do melhor e do mais moderno sistema de logística que o mercado nos pode oferecer", explica Friedhelm Loh, proprietário e diretor executivo da Rittal. "Com o alargamento e modernização do posto central de armazenamento em Haiger valorizamos claramente mais uma vez a unidade local. No vale do Dill o coração bate para a circulação de produtos na Europa e em todo o mundo. Sem Haiger é impensável a nossa logística mundial", refere Loh em relação à decisão pela unidade local.

A par do alargamento de cinco complexos de armazéns no total e 40 rampas de acesso, nasce na unidade de Haiger um posto de armazenamento na horizontal com uma capacidade total de 25.000 locais para paletes. Este será calculado mediante as exigências altamente tecnológicas e oferece lugar para mais de 50.000 caixas pequenas assim como condicionadores de ar e acessórios. Junto com o armazém em Rittershausen onde estão armazenados mais 20.000 armários de distribuição de grandes dimensões, o número total de locais para paletes cresce na zona de Dill para uns orgulhosos 41.000. Caso se prendesse carregar todo o seu conteúdo de uma só vez, seriam precisos 1.300 caminhões de grandes dimensões que formariam uma fila de 26 km de comprimento.

Ainda é montado em Haiger um posto de armazenamento de pequenas peças completamente automático com a mais moderna tecnologia shuttle para peças de substituição e acessórios com 25.000 lugares para recipientes.

O ambicioso plano do projeto prevê que já no fim de 2013 as primeiras instalações entrem em funcionamento e todo o posto central de armazenamento esteja operacional no decorrer de 2014.

"O novo posto central de armazenamento em Haiger é uma das pedras mais importantes na nossa construção da estratégia de crescimento, já que estamos na direção dos nossos clientes mundiais não só de forma eficiente como também com o olhar focado nos tempos de entrega, principalmente de modo consideravelmente mais rápido", explica Dr. Guido Stannek, Executive Vice President Supply Chain Management, o fundamento do investimento. "Consequentemente, estamos em condições de aumentar o volume, isto é, a quantidade dos produtos acabados em 50%, em comparação ao atual." Adicionalmente, o tempo de processamento é reduzido para metade, isto é, o tempo que é necessário no posto de armazenamento para o processamento de um pedido. Assim, a unidade de Haiger torna-se ainda mais importante no futuro para a logística dentro da organização global da Rittal, mas também para o fornecimento mundial dos produtos.

"Os nossos clientes esperam de nós, como fornecedor de produtos e de sistemas, elevada flexibilidade e esperam que nós nos adaptemos aos respectivos planejamentos perfeitamente e a tempo. Confiança e rapidez são trunfos", completa Christoph Caselitz, Chief of Customer Operations.

Aproximadamente, a metade do mercado alemão é importante na Rittal, é distribuído a partir de Haiger e Rittershausen, particularmente grandes clientes da construção de maquinaria, da tecnologia de informação, assim como, de fabricante de automóveis. A nível mundial a Rittal possui aproximadamente 90 unidades regionais de armazenamento que são operadas a partir de Haiger assim como as 11 unidades de produção entre outros na Inglaterra, Itália, China, Índia e EUA. Junto com o alargamento em Haiger, a Rittal possui também a nível mundial mais de 225.000 metros quadrados de superfície de armazenamento e através de 170.000 lugares de paletes. Com isso a empresa continua construindo significativamente a sua força de base de acordo com o lema "Faster – better – worldwide".