LEFDAL MINE DATACENTER

Downloads imagem

2017-03-27. O Lefdal Mine Datacenter (LMD) estabelece novos padrões. O sistema de túnel de cinco andares com 75 câmaras tem 120.000 metros quadrados de espaço de infra-estrutura com o potencial de capacidade total de 200 megawatts. Perto de Måløy, na costa oeste da Noruega, será o maior centro de dados do mundo. Segundo os seus operadores, o seu objetivo é tornar-se também o número um mundial em termos de rentabilidade, segurança, flexibilidade e sustentabilidade. "O Lefdal Mine Datacenter vai colocar tudo o resto na sombra", afirma Andreas Keiger, Vice-presidente executivo de vendas Europa, da Rittal. A Rittal está a bordo com este projeto como parceiro tecnológico estratégico.

A Rittal vai fornecer módulos standard de data center RiMatrix S ao Lefdal Mine Datacenter, que obtém alta pontuação em termos de flexibilidade e eficiência de custo. Os módulos pré-configurados, que economizam espaço, são fornecidos em contentores e compreendem dez ou doze racks de servidores prontos para uso imediato, com distribuição de energia, controlo de temperatura e software para monitorização e gestão de infraestrutura de TI. Isto permite o uso flexível de sistemas de TI para tudo, desde a coinstalação e “clouds” privadas, até ITaaS (TI como um serviço) e DCaaS (data center como um serviço).

O Lefdal Mine Datacenter (LMD), uma instalação de cinco andares de 120.000 metros quadrados construída numa antiga mina perto de Måløy (550 km a nordeste de Oslo) será o maior centro de dados do mundo.

A solução de climatização é da gama Rittal Liquid Cooling Package (LCP). O LCP extrai o ar residual dos servidores, arrefece-o até à temperatura de entrada desejada de 15 ° C, utilizando um permutador de calor especial ligado ao circuito de água frio a 7 ° C e devolve-o ao sistema. O resultado geral é um PUE (eficácia de utilização de energia) inferior a 1,1, garantindo um elevado grau de eficiência energética. Além de ser barato, a eletricidade utilizada também é muito sustentável, uma vez que 97% é proveniente de fontes de energia renováveis.

A solução Rittal também oferece benefícios em termos de escalabilidade porque os clientes podem usar recursos praticamente ilimitados se eles exigirem mais capacidade do datacenter.

A oferta da LMD é verdadeiramente única em todo o mundo e nasceu da necessidade de responder à crescente procura de espaço no centro de dados. "Prevemos a necessidade de 60 novos datacenters de grande escala na Europa até 2020 e esperamos investimentos nesse sentido com uma taxa de crescimento de dez a doze por cento a cada ano", explica Egil Skibenes, Presidente do Conselho da LMD. Ele acrescenta que é vital neste negócio ter capacidade disponível num curto espaço de tempo, o que impede soluções turnkey. "Os módulos standards e escaláveis que podemos oferecer são exatamente o que nossos clientes precisam", diz Andreas Keiger, Vice-presidente executivo de vendas Europa, da Rittal. "Fatores como custos operacionais e eficiência energética são determinantes quando se trata de selecionar a localização perfeita do datacenter".

O data center subterrâneo também tem outro benefício inestimável: Segurança! Existe apenas um ponto de entrada ideal para a instalação, enquanto a formação de rocha proporciona uma proteção natural contra as ondas eletromagnéticas. Dispõe de colaboradores devidamente treinados na área da segurança que patrulham toda a instalação 24 horas por dia, 365 dias por ano. Um processo de autenticação de três fases e sistemas de câmaras inteligentes proporcionam segurança adicional.

A inauguração do Lefdal Mine Datacenter será em Maio de 2017 com especial foco e apresentação do projeto na CeBit deste mesmo ano.

Saiba mais em: www.lefdalmine.com