Lista de favoritos

Rittal apresenta o VX25, um sistema de armários “mais do que perfeito”

2018-06-07. VX25 - Novo Sistema de Armários de Grandes Dimensões da Rittal

Foi no Europarque em Santa Maria da Feira, no dia 7 de junho de 2018, que a Rittal celebrou um “marco na história” da empresa com o “lançamento daquele que é o produto mais emblemático e importante da Rittal”. As palavras de Jorge Mota, Diretor-Geral da Rittal Portugal, deram o mote para o início do evento de apresentação do novo sistema de armários VX25, evento que juntou da parte da manhã os distribuidores e da parte da tarde cerca de 140 pessoas entre instaladores, integradores e clientes finais.

Ao longo da sua história, a Rittal contou com alguns marcos de grande importância. Inicialmente, em 1961, com o lançamento da caixa standard do mercado. Ao longo da sua história foi lançando alguns produtos que se foram tornando emblemáticos e que marcaram a história da companhia, nomeadamente o lançamento do primeiro armário de grandes dimensões, o PS, o lançamento do primeiro ar condicionado para quadros elétricos, ou o lançamento dos armários TS8. O TS8 tornou-se o standard do mercado a nível mundial e, segundo o Diretor-Geral da Rittal, “continua a ser o armário mais vendido no mundo”, tendo a empresa vendido 15 milhões de armários em 20 anos, produzindo atualmente 3300 armários por dia, apenas numa fábrica.

“É preciso ter um grande arrojo, uma grande coragem e visão de futuro para, quando se tem um produto que está no pico de vendas, anunciar o seu fim e lançar algo que o substitui. Não é toda a gente nem todas as empresas que podem ter essa coragem”, afirmou Jorge Mota, sublinhando que neste dia se apresentava “o que será, a partir de agora, o sucessor oficial do sistema de armários TS8, o VX25”.

O VX25 encontra-se já a ser produzido nas fábricas da Rittal e é o resultado de um investimento de 550 milhões de euros em desenvolvimento do produto e construção de fábricas para a sua produção.

NOVIDADES RITTAL

Cláudio Maia, Account Manager na Rittal Portugal, tomou a palavra para apresentar as novidades de 2018 e, de entre as várias áreas de negócio da Rittal, centrou-se nos armários, climatização, distribuição de energia, softwares de configuradores e sistemas de maquinação.

Para o interface homem-máquina, para as caixas de comando, controlo e processo de máquinas a Rittal desenvolveu o novo braço articulado, um suporte ajustável em altura com capacidade de carga máxima de 60kg.

Na área da climatização a empresa ampliou a oferta e concebeu o novo ar condicionado Blue e+ de 1600 W, “único no mundo com uma poupança energética na ordem dos 75% comparativamente às unidades standard”, bem como os novos ar-condicionados de teto. Paralelamente a Rittal atualizou o software RiDiag, um software de gestão, diagnóstico e parametrização onde é possível sincronizar o novo ar condicionado com o telemóvel ou localmente através de cabo. Ainda na área da climatização apresentaram os novos chillers Blue e+ com capacidade de refrigeração de 0.8 a 5.3 kW.

Uma das grandes novidades neste setor é o novo interface IoT da Rittal que permite ligar todos os ar-condicionados possibilitando a receção de toda a informação e armazenamento de todo o historial dos equipamentos. “Com isto geramos uma cadeia de valor neste tipo de equipamentos de climatização, que vai desde o planeamento, com configurações online, encomenda online, a nível de logística, instalação, interface, manutenção e serviços”, afirmou Cláudio Maia.

Na área de distribuição de energia, as grandes novidades são o Rline Compact, um sistema de barramento compacto até 125 A, o sistema Ri4Power (barramento até 185 A), novos adaptadores de aparelhagem até 1600 A, novos seccionadores da Rittal NH slimline e o novo borne de conexão para barra de terra e neutro.

Em softwares de configuradores tiveram destaque o Ritherm 6.5, software de dimensionamento de ar-condicionados e o Power Engeneering, ferramenta de configuração e dimensionamento de quadros elétricos de energia para os sistemas da Rittal que vão até 5500 A.

No que respeita aos sistemas de maquinação, a Rittal iniciou há dois anos uma nova área de negócio de ferramentas manuais e automáticas para a indústria de fabricação de quadros elétricos. Com uma evolução para os centros de maquinação, atualmente apresenta novos produtos, novas máquinas móveis ou estáticas para maquinação de cobre.

VX25, O ARMÁRIO “MAIS DO QUE PERFEITO”

“A Rittal decidiu lançar este novo sistema de armários quando o atual TS8 está a bater todo os recordes de vendas a nível mundial”, começou por afirmar Ceferino Almeida, Account Manager na Rittal Portugal, dando o mote para a apresentação central da tarde, o novo armário VX25.

“O novo sistema de armários VX25 é uma sofisticada peça de engenharia mecânica que tem um grande impacto na qualidade das obras e nos custos finais das mesmas, tornando-as mais económicas”, disse, explicando o significado das siglas, sendo que o V significa versátil, o X representa a variável matemática que representa os diferentes requisitos dos clientes e o 25 que sublinha os 25 mm da furação 100% simétrica quer na estrutura vertical como na horizontal.

No desenvolvimento e conceção do VX25, a Rittal centrou-se em 5 pontos fundamentais: mais digitalização, mais robustez, mais simples, menos acessórios e menos tempo.

Com este novo sistema de armários os instaladores, integradores e clientes finais poderão contar com: maior robustez, facilidade de montagem, com dois níveis de instalação (interno e externo); simetria da estrutura com a furação de 25 mm garantida, quer na horizontal como na vertical; menos tempo de montagem em portas e painéis; um novo sistema de fecho com facilidade de instalação; fácil substituição de portas; dobradiça de 180º plug&play sem furações; união mais simples dos componentes; um novo sistema de fecho de portas duplas; junção compatível entre um VX25 e um TS8.

Paralelamente uma das novidades no caminho da digitalização é a monitorização digital através do código QR, bem como a integração desse código no fluxo de trabalho. Todas as partes planas do armário contam com um código QR que identifica a peça e inclui toda a informação sobre o armário a que pertence e qual o projeto em que está inserido, impedindo que haja troca de elementos na fase de assemblagem do quadro eléctrico, isto tudo integrado com o software de projecto eléctrico EPLAN.

Direcionado aos projetistas, toda a informação CAD estará disponível através do configurador EPLAN, sendo que há a possibilidade de, através do Pro Panel, transformar o projeto que estiver em TS8 automaticamente em VX25.

Para concluir a apresentação do novo sistema de armários VX25, José Meireles – Sócio-Gerente da M&M Engenharia Industrial, e David Santos tiveram uma intervenção para falar sobre integração dos equipamentos da Rittal e a plataforma EPlan, através de uma aplicação específica para a construção mecânica e prototipagem virtual do armário, em particular do novo sistema de armários VX 25 onde há capacidade de modularização e preparação dos armários dentro da própria aplicação, o que é uma mais valia na poupança de tempo.

texto e fotos por André Manuel Mendes