Lista de favoritos

Transformação Digital: novos paradigmas na 16.ª edição do PLC

2021-11-02. RITTAL, PHOENIX CONTACT e EPLAN organizaram, conjuntamente, a 16.ª edição do PLC – Produtividade, Liderança e Competitividade, que este ano, decorreu a 21 de outubro e em formato virtual, pelo segundo ano consecutivo. Transformação Digital: Novos Paradigmas foi o tema escolhido para o evento deste ano através de um webinário que foi um verdadeiro sucesso.

M&M ENGENHARIA INDUSTRIAL: A PLATAFORMA EPLAN 2022

O especialista EPLAN, David Santos, explicou em detalhe as principais características da Plataforma 2022 que fornece a base técnica para uma experiência de utilizador completamente nova. O conceito moderno de funcionamento torna a utilização do software mais fácil e eficiente para novos utilizadores e também torna o trabalho diário mais fácil para os utilizadores experientes. A otimização da ergonomia e do desempenho reforça a posição de liderança das soluções EPLAN em engenharia elétrica e construção de armários de controlo. A vista Backstage é agora o elemento central para toda a informação do projeto, bem como para a gestão de dados e ficheiros.

A nova gestão de peças oferece um ótimo desempenho e uma navegação fácil, e a ligação entre a plataforma e as soluções de nuvem no EPLAN ePULSE foi ainda mais reforçada, por exemplo com o novo produto EPLAN eMANAGE. Tudo isto oferece um valor acrescentado ao longo da cadeia de valor integrada e para todo o ecossistema industrial. O novo EPLAN Data Portal está agora disponível exclusivamente no ambiente de nuvem EPLAN ePULSE. Os últimos destaques, com benefícios para os utilizadores e para os fabricantes, são uma melhor qualidade e profundidade dos referidos dados e mais uma nova interface de utilizador com funcionalidade de pesquisa inteligente.

RITTAL: A EFICIÊNCIA NA EXECUÇÃO DE QUADROS ELÉTRICOS A AUTOMAÇÃO

Cláudio Maia, gestor de clientes da Rittal, explicou a importância da digitalização na Indústria 4.0, focando a necessidade de encurtar os tempos de resposta aos clientes, de melhorar a eficiência dos processos e procedimentos, aumentar a produtividade e a redução de custos. Realçou aquilo que a Rittal pode aportar aos seus clientes quando falamos de digitalização e otimização de processos. Através de várias histórias de sucesso e testemunhos de clientes escritos e em vídeos, confirmou a eficiência do recém-atualizado portefólio de produtos da Rittal, preparado e planeado para a crescente evolução da indústria.

Paulo Albino explicou como configurar online um quadro elétrico com o Rittal Configuration Systems – RiCS, uma ferramenta nova e de fácil utilização. Esta configuração está acessível no website da Rittal, permitindo ao utilizador configurar e modelar o armário tendo em conta as suas necessidades e permite ainda acompanhar o progresso da sua configuração em qualquer altura com visualização 3D.

EMPOWERING THE ALL ELECTRIC SOCIETY

Michel Batista, Diretor-Geral da Phoenix Contact, mostrou a visão da empresa alemã e aquilo que será a evolução do mundo e da sociedade até chegarmos a uma sociedade totalmente eletrificada. A solução para enfrentar os desafios globais do ambiente e da escassez de recursos passa pelo uso da tecnologia a nosso favor para que possamos viver com energia limpa. O tempo urge e é necessário abraçar as energias verdes e limpas, lutar por uma economia sustentável e abundante, reduzir a destruição do planeta, através do armazenamento de energias renováveis, painéis fotovoltaicos, energia eólica, produção de hidrogénio. A Phoenix Contact não está sozinha nesta luta pelas energias limpas já que a própria União Europeia tem um Plano Europeu de produção, transporte e armazenamento de H2. Alcançar uma sociedade eletrificada é o maior objetivo da Phoenix Contact.

ORADOR CONVIDADO

Paulo Moura Castro, da BDO, foi o orador convidado e falou das oportunidades do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) que podem significar uma espécie de balão de oxigénio para as empresas portuguesas. Na sua comunicação explicou, de uma forma bastante acessível o PRR e a conhecida bazuca.

Pela importância que representa para o tecido empresarial, apresentou apenas as componentes direcionadas às empresas: C5 - Capitalização e inovação empresarial (2914M€) para aumentar a competitividade e a resiliência da economia portuguesa com I&D, inovação e diversificação e especialização da estrutura produtiva; C6 - Qualificações e competências (1324M€) para aumentar a formação e a resiliência do emprego; C 11 – Descarbonização da indústria (715M€) para acelerar a transição para uma economia neutra e promover a competitividade da indústria e das empresas (descarbonização, redução do consumo de energia e promoção de fontes endógenas de energia); C12 - Bioeconomia sustentável (145M€) para uma bioindústria nacional, com atividades de I&D para o aproveitamento de matérias-primas de base florestal e da implementação de pilotos industriais e agroindustriais; C14 – Hidrogénio e renováveis (370M€) para promover a transição energética com o apoio às energias renováveis; C16 - Empresas 4.0 (650M€) para reforçar a digitalização das empresas. A BDO possui, no seu website, uma ferramenta interativa, atualizada diariamente, que permite aos empresários e investidores pesquisar todos os avisos do concurso do PRR para aceder aos fundos.

FEIRA VIRTUAL

David Soares da M&M Engenharia Industrial detalhou o EPLAN 2022 apresentando as suas principais características. O projeto criado com sistemas da plataforma EPLAN - EPLAN Electric P8 ou EPLAN Fluid, por exemplo - é agora transferido para o fabricante do armário de controlo.

O fabricante cria o protótipo virtual sob a forma de uma montagem 3D do armário de controlo utilizando o EPLAN Pro Panel: o armário de controlo é fabricado, aprovado e comissionado pelo operador e com a entrega do aparelho de distribuição, os processos de fabrico para o armário de controlo são concluídos. A empresa entrega o projeto EPLAN, completo com dados, ao fabricante da máquina ou instalação, que depois faz a encomenda com base nos dados finais do projeto. O esquema é então disponibilizado ao operador, que pode aceder à documentação atual, por exemplo utilizando o EPLAN eVIEW, se for necessária manutenção ou assistência. Este processo descreve o trabalho diário no ecossistema de automação industrial.

Jorge Faria da Mota, CEO da Rittal, faz o Raio-X da Rittal Portugal através de uma viagem virtual, em que deu a conhecer a Rittal desde a sua origem em novembro de 2002, as suas equipas e a forma como trabalham, para responder às necessidades dos seus clientes. A imagem de marca da Rittal carateriza-se pela proximidade com os seus clientes e parceiros, bem como a um elevado nível de competitividade das suas soluções tecnológicas. A empresa tem, atualmente, uma quota de mercado que se aproxima dos 65% nos armários para automação industrial, e, na área da climatização a sua quota de mercado ronda os 80%. O coração da Rittal reside na sua área de produção e logística, onde se expedem todas as encomendas dos clientes nacionais e estrangeiros, normalmente, em 24 ou 48 horas mediante a necessidade do cliente. O Centro de Competências é, também, outra das áreas privilegiadas, podendo os clientes e parceiros obter formações, workshops, experimentar as soluções tecnológicas e testar os materiais e equipamentos ou construir protótipos. Por isto, a Rittal é apresentada como um caso de sucesso de gestão empresarial.

Ceferino Almeida, gestor de clientes da Rittal, falou e mostrou alguns dos produtos com maior destaque dentro das várias áreas de negócio da empresa, partilhando assim com o espectador o portefólio Rittal a partir do próprio centro de competências. Esta apresentação pode agora ser visualizada na íntegra no canal do Youtube da Rittal Portugal. Quero ver!!

Na visita virtual ao stand da Phoenix Contact, Carlos Coutinho e Francisco Mendes aprofundaram duas áreas funcionais de um qualquer quadro de comando: Fiabilidade de Potência e Produtividade. Carlos Coutinho começou por referir que a Phoenix Contact tem mais de 1000 novos produtos em 2021, dando destaque, como exemplo da área Fiabilidade de Potência, aos disjuntores eletrónicos configuráveis que foram lançados na Feira de Hannover de 2021. Designados por CAPAROC, estes disjuntores são inovadores graças à solução de barramento e às opções de modularidade; a troca de um módulo disjuntor não interfere com a continuidade de serviços nos módulos adjacentes, mantendo todo um sistema a ser alimentado.

Francisco Mendes da Phoenix Contact debruçou-se sobre a questão da produtividade na construção de quadros elétricos ao abrigo do COMPLETE line, um novo standard de produtos e soluções que está disponível para todos os fabricantes. O COMPLETE line integra, além de produtos, soluções de software e hardware para o aumento de produtividade no processo de construção de quadros elétricos. O COMPLETE Line, é, por isso, o garante de que o quadro é de fácil eletrificação pelo fabricante e de fácil operação e manutenção pelo cliente final. Um exemplo é o software e o Posto de Trabalho denominado Wire assist para fabricação de pontas de fio com cravação e rotulagem. Ainda outro exemplo de software para o aumento de produtividade é o CLIPX Engineer, totalmente gratuito, e que fornece uma nova forma de criação de réguas e de componentes em calha, não estando dependente do Windows porque é uma tecnologia associada ao browser, por isso qualquer aparelho tecnológico (Ipad, tablet, telemóvel) pode ser a base de trabalho do utilizador. Pretende-se, assim, facilitar a visualização da colocação de equipamentos e pode ser integrado, nomeadamente, com o EPLAN P8.

WORKSHOP COM INTEGRAÇÃO DAS TRÊS MARCAS

Paulo Albino, Carlos Coutinho e David Santos fizeram um workshop demonstrativo da junção das soluções inovadoras apresentadas pelas 3 empresas sob o tema – Engenharia Inteligente. Produção Sustentável. Combinando as ofertas das três empresas percebeu-se que esta combinação de ferramentas pode significar um salto gigantesco na transformação digital das empresas e nas respostas que se podem dar aos seus clientes. Um webinar que foi um verdadeiro sucesso pela criatividade e informação partilhada e que os organizadores esperam poder repetir, para o ano 2022, mas, desta vez, presencialmente.

por Andrea Trevisan

CIE- Comunicação e imprensa especializada