Lista de favoritos
"A Rittal oferece o sistema mais estável e flexível", indica Thomas Schellhorn, diretor da Promontan GmbH.

A produção de petróleo offshore coloca exigências elevadas ao equipamento utilizado. A maior segurança possível na operação de instalações e a certificação GL (Germanischer Lloyd) são apenas alguns dos requisitos típicos. São particularmente desafiantes as aplicações implementadas em plataformas de produção de petróleo não tripuladas – como é o caso da Dragon Oil. A principal distribuição segura de energia faz a companhia petrolífera confiar de forma consistente no modelo 4b. O fabricante de instalações de distribuição Promontan resolveu esta exigência com o sistema Ri4Power da Rittal e com auxílios de montagem com base em software.

O produtor de petróleo e de gás ativo internacionalmente, a Dragon Oil plc, Dubai, produz petróleo e gás natural predominantemente no Mar Cáspio na costa do Turcomenistão. Para uma nova plataforma de produção de óleo, a empresa estava à procura de um fabricante de instalações de distribuição para a distribuição principal de energia. A Dragon Oil fez um achado com a empresa Promontan GmbH de Werder, na proximidade de Potsdam. O fornecimento de energia que ocorre na plataforma petrolífera através de geradores a diesel é efetuado de forma redundante com duas vezes 600 ampères. Os terminais da instalação são fornecidos com energia elétrica com um total de doze painéis de alimentação de saída. Além disto, são instalados acionadores de motor para acionar por ex. bombas para água do mar, água doce e diesel. Os outros terminais são aquecedores e compressores para instalações de refrigeração.

"Para nós a novidade foi o requisito de construir a instalação de distribuição elétrica na forma 4b", esclarece Thomas Schellhorn, diretor da Promontan GmbH. Nas instalações de distribuição elétrica com a forma 4b, os espaços funcionais das diferentes saídas são separados uns dos outros. Esta estrutura de construção tem a vantagem de oferecer consideravelmente mais segurança de operação e para as pessoas – especialmente em caso de um incidente. "Percebemos depressa que poderíamos implementar isto com o sistema da Rittal", indica Schellhorn.

Outro desafio eram as condições de espaço muito restritas na plataforma petrolífera. A instalação de distribuição elétrica teria que ser construída de forma 50% mais reduzida que em instalações comparáveis. O projeto foi implementado com o sistema Ri4Power da Rittal, que se baseia no sistema de armário de distribuição TS 8. O software "Power Engineering" da Rittal forneceu aqui apoio em todas as fases, do planejamento à montagem, e possibilitou uma documentação, de acordo com as normas, da instalação de distribuição elétrica.